TV PENTECOSTES RETRANSMITINDO AO VIVO O ENF 2018
Papa encontra lideranças da Renovação Carismática na Sala Paulo VI
09/06/2019 11:04 em Novidades

O Papa Francisco recebeu na manhã deste sábado, 8, na Sala Paulo VI, no Vaticano, cerca de seis mil participantes da primeira Conferência internacional do Charis, Serviço Internacional para a Renovação Carismática Católica (RCC). Os participantes são os líderes dos movimentos da RCC reunidos no Vaticano desde a última terça-feira, 4. Entre os participantes do encontro está a cofundadora da Comunidade Canção Nova, Luzia Santiago. O Charis, surgiu de um pedido feito pelo Papa Francisco por um único organismo que atendesse às Novas Comunidades e à RCC, em 2015.

O Santo Padre iniciou seu discurso, aos numerosos presentes, recordando que precisamente na Solenidade do Dia de Pentecostes, há 52 anos (19.5.1975), teve um novo início uma nova etapa para o Movimento, que se desenvolveu por vontade de Deus. Por isso, Francisco agradeceu ao Movimento e à Fraternidade Católica pela missão que cumpriu nestes trinta anos, um caminho novo que se tornou possível graças à sua lealdade. E acrescentou:

“Hoje começa uma nova etapa neste caminho. Uma etapa marcada pela comunhão entre todos os membros da família carismática, na qual se manifesta a poderosa presença do Espírito Santo para o bem de toda a Igreja. Esta Presença torna todos iguais, graças ao mesmo Espírito: grandes e pequenos, idosos e recém-nascidos, engajados, em nível universal ou local, que formam um todo”, disse Francisco, muito aplaudido pelos seis mil presentes na Sala Paulo VI.

Papa Francisco cumprimentou líderes da RCC/ Foto: Vatican Media

Trata-se, segundo o Pontífice, de um serviço de comunhão novo e único: “Novo, pela ação do Espírito Santo; Único, por ser um serviço para todas as realidades carismáticas, criadas pelo Espírito no mundo; Serviço, não governo, é prestado a todas as necessidades e acompanha seu caminho; enfim, Comunhão, todos, com o mesmo coração, para dar testemunho da unidade na diversidade: diversidade de carismas, que o Espírito suscitou nestes 52 anos”.

Francisco revelou aos líderes dos movimentos da Renovação Carismática Católica suas expectativas para este novo serviço: “Que compartilhe a graça, recebida no Batismo pelo Espírito Santo, com todos os membros da Igreja; que sirva a unidade do Corpo de Cristo, que é a Igreja, uma comunidade de fiéis em Cristo; e que sirva aos pobres e aos que têm mais necessidade, física e espiritual”.

Estas três coisas, concluiu o Papa, são necessárias para o testemunho e a evangelização no mundo. Evangelização, recordou, não é proselitismo, mas, sobretudo, testemunho de amor a todos os seres humanos. “Tudo é possível mediante o amor cristão. Que a Renovação Carismática, corrente de graça do Espírito Santo, seja testemunha deste amor!”, exortou Francisco.

Audiência contou com a participação de seis mil pessoas/ Foto: Vatican Media

fonte cancaonova.com

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!