TV PENTECOSTES RETRANSMITINDO AO VIVO O ENF 2018
“Padre Léo me ensinou que Deus é amor e é humor”, diz Padre Vicente
06/01/2019 10:46 em Novidades

 

Fundador da Comunidade Bethânia faleceu no dia 4 de janeiro de 2007, aos 45 anos de idade

Denise Claro
Da redação

Padre Léo faleceu em 2007, aos 45 anos. /Foto: Arquivo CN

Nesta sexta-feira, 04, completam-se 12 anos de falecimento do fundador da Comunidade Bethânia, Padre Léo Pereira. O sacerdote mineiro nasceu em 9 de outubro de 1961, e fundou a Comunidade em 1995.

Padre Léo faleceu em 2007, aos 45 anos, vítima de infecção generalizada por causa de um câncer no sistema linfático. Padre Vicente de Paula Neto, atual moderador geral da Comunidade Bethânia, comenta sobre o fundador:

“Padre Léo me ensinou que Deus é amor e é humor. A partir daí ele conseguia falar das coisas mais profundas da Teologia, da nossa reflexão católica, dos dogmas da Igreja e da própria Sagrada Escritura de um jeito simples, alegre e comunicativo, buscando lá nas suas raízes mineiras. Isso mexe ainda muito com a gente até hoje.”

Padre Vicente é moderador geral da Comunidade Bethânia./ Foto: Denise Claro- CN

Para Padre Vicente, apesar de já se terem passado 12 anos de seu falecimento, Padre Léo continua evangelizando:

“Eu costumo dizer que Padre Léo trabalha mais agora do que antes. Ele continua vivo no legado que nos deixou através da Comunidade, e atuante na evangelização, muito por causa da Canção Nova. Todas as segundas-feiras está presente no ‘Buscai as coisas do Alto’. Até hoje, são inúmeros os testemunhos que continuam chegando, de gente que faz verdadeiramente uma experiência de Deus, através das pregações do Padre Léo ainda hoje. Muitos chegam em Bethânia procurando por ele, e aí descobrem que ele já faleceu, e percebem o DOM em que ele se transformou.”

Na noite desta sexta-feira, será celebrada uma Missa na intenção de Padre Léo, no Recanto de Lorena (SP). A programação também contará com um show acústico do Diácono Nelsinho Correa e família a partir das 20h no Centro Cultural Memorial Padre Léo.

Processo de Beatificação

O processo de beatificação do sacerdote já está encaminhado. Teve início em outubro de 2017, quando Padre Vicente e outros membros visitaram a Arquidiocese de Florianópolis, na pessoa de Dom Wilson Tadeu Jönck. Durante a conversa, foi explícita a vontade de tornar Léo um beato, pedido que foi aprovado pelo arcebispo.

“Estamos muito felizes porque já foi agora instaurada a Associação Padre Léo que é quem vai tocar o processo. Tudo já está agora na Arquidiocese de Florianópolis, e a partir deste ano vai ser aberto oficialmente o processo de beatificação.”

A Associação Padre Léo é comandada pelo Padre Lúcio Tardivo, vice-presidente da Comunidade Bethânia, e cuidará, entre outras coisas, da coleta dos testemunhos dos milagres para depois encaminhá-los ao processo.

fonte cancaonova.com

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!