TV PENTECOSTES RETRANSMITINDO AO VIVO O ENF 2018
Ângelus: Papa pede obediência à Palavra de Deus
02/09/2018 13:24 em Novidades

Francisco falou ainda sobre a relação entre Deus e o homem, apoiado no Evangelho de São Marcos

Da redação, com Boletim da Santa Sé


Na oração mariana do Ângelus deste domingo, a liturgia do dia foi baseada no Evangelho de São Marcos. O Papa Francisco citou a obediência à Palavra de Deus em face à contaminação mundana.

“Esta narrativa começa com objeção dos escribas e fariseus que acusavam os discípulos de Jesus de não seguirem os preceitos rituais segundo as tradições”, disse o Santo Padre. “Estes interlocutores queriam atingir a confiabilidade e a autoridade de Jesus como mestre. Mas a resposta de Jesus é forte: ‘Isaías profetizou sobre vocês, hipócritas. Este povo me honra com os lábios, mas o coração deles está longe de mim’”, reiterou.

Segundo o Sucessor de Pedro, Jesus queria alertar os fariseus do erro que cometeram. Trata-se da verdade da relação entre o homem e Deus, da autenticidade da vida religiosa. “O erro de desvirtuar a vontade de Deus, negligenciando seus mandamentos para observar as tradições humanas. A reação de Jesus é severa porque é grande o que está em jogo: trata-se da verdade da relação entre o homem e Deus, da autenticidade da vida religiosa. O hipócrita não é autêntico”, enfatizou.

Esta mensagem também é reforçada por uma passagem do apóstolo Tiago, que diz: a verdadeira religião é aquela que nos leva a visitar os órfãos e viúvas em seus sofrimentos e não se deixar contaminar por este mundo. “Visitar órfãos e viúvas significa praticar a caridade com o próximo, começando pelos mais necessitados, os mais frágeis, os mais marginalizados. São as pessoas de quem Deus cuida de forma especial e pede a nós para fazer o mesmo”, explicou Francisco.

Para o nosso pensamento cristão não ser poluído pela mentalidade mundana, o Papa Francisco recomendou que os fiéis vigiem os pensamentos. “Não se deixar contaminar pela vaidade, avareza e soberba”, advertiu o Sucessor de Pedro. “Na realidade, um homem, uma mulher, que vive na vaidade, na avareza, na soberba e ao mesmo tempo acredita e se mostra como religioso e até mesmo chega a condenar os outros é um hipócrita.”

Beatificada

Ao final deste Ângelus, o Papa Francisco pediu aplausos à jovem eslovena Ana Kolesárová, que foi proclamada beata. “Que esta jovem corajosa ajude os jovens cristãos a permanecer firmes na fidelidade ao Evangelho, mesmo quando isso requer ir contra a corrente e pagar pessoalmente. Um aplauso à Beata Ana Kolesárová”, disse.

Ana foi morta por um soldado soviético em 24 de novembro de 1944, aos 16 anos, após recusar-se a se entregar e ele, querendo manter-se casta.

O Santo Padre também disse estar preocupado com a situação na mata Síria, que poderia ter sofrido uma catástrofe humanitária. “Renovo meu premente apelo à comunidade internacional e a todos os protagonistas envolvidos, à diplomacia e às negociações em conformidade com o direito humanitário para salvaguardar a vida dos civis”.

fonte cancaonova.com

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!