O Papa escreve a Zanardi: obrigado por dar força a quem a perdeu

Numa carta publicada pelo jornal esportivo italiano “La Gazzetta dello Sport”, Francisco dirige palavras de gratidão ao campeão paraolímpico que está lutando entre a vida e a morte depois do grave acidente de 19 de junho.

Amedeo Lomonaco/Mariangela Jaguraba – Vatican News

A história de Alex Zanardi, ex-piloto de Fórmula 1 que perdeu as pernas depois de um terrível acidente na pista em 2001, é um testemunho sobre o valor do recomeço e “uma lição de humanidade” através da deficiência.

Ouça e compartilhe

O Papa Francisco entrelaça essas reflexões com a proximidade da oração na carta dirigida ao campeão paraolímpico, hospitalizado desde sexta-feira passada (19/06) na Unidade de Terapia Intensiva da Policlínica Universitária Santa Maria alle Scotte, em Siena, após o grave acidente de carro em handbike, no dia 19 de junho, na cidade de Pienza. Em sua carta, o Pontífice agradece em particular ao esportista por sua capacidade de infundir coragem mesmo em situações de grande sofrimento.

“Caro Alessandro, a sua história é um exemplo de como recomeçar depois de uma parada repentina. Através do esporte você ensinou a viver a vida como protagonista, fazendo da deficiência uma lição de humanidade. Obrigado por dar força a quem a perdeu. Neste momento doloroso estou próximo a você, rezo por você e sua família. Que o Senhor o abençoe e que Nossa Senhora o proteja”.

Alex e a beneficência

O incidente de sexta-feira passada aconteceu durante uma corrida beneficente, num mês em que Alex Zanardi é também o protagonista do leilão “We run together” (Corremos juntos), promovido pelo Papa com a finalidade de arrecadar fundos para os hospitais de Bérgamo e Brescia, na vanguarda da luta contra a Covid-19. Para essa iniciativa beneficente, Zanardi disponibilizou a malha com a qual ganhou as Paraolimpíadas em 2016, no Rio de Janeiro.

fonte Vatican News

Comentários